Arquivo da categoria ‘Artigos’

“Eternos aprendizes, sim, eternas crianças na fé, não. Somos  vocacionados a crescer. “

Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A Ele seja a glória, agora e no Dia eterno! Amém. – 2 Pedro 3:18

Resiliência-EmocionalÉ comum na criação, que as coisas nasçam pequenas, todavia, é anômalo que continuem pequenas. Deus criou todas as coisas para o crescimento, se observarmos a natureza, com o olhar contemplativo e investigativo, vamos concluir que tudo o que foi criado por Deus é chamado a crescer, isso de forma natural. Ser pequeno é uma fase crucial na vida de praticamente todos os seres, contudo, o crescer faz parte da existência plena que Deus planejou para tudo o que criou.

Até os maiores rios do mundo nasceram pequenos, mas foram crescendo, se agigantando, até que se tornaram imensos e por fim se fundem a lagos ou aos lençóis freáticos. Com poucas exceções, o destino da grande maioria dos rios é se fundir com o mar ou tornar-se um com o oceano. Segundo estudiosos, o Rio Okavango é o único do planeta que foge à tal regra. Okavango, deságua no Deserto da Namíbia. “Conhecido como o rio que nunca encontra o mar, o Okavango desaparece no deserto de Kalahari em 15.000 quilômetros quadrados numa confusão de lagos, canais e ilhas a noroeste de Botsuana.”¹

(mais…)

circo_brasil
Já se vão alguns dias, semanas, pós aprovação no Senado do prosseguimento do processo de impedimento da Presidente Dilma Vana Rousseff, e previsivelmente (infelizmente) diferente do que se alardeava nas redes sociais o dólar não caiu e a bolsa não subiu… Felizmente, também o MST para a guerra civil não partiu, tampouco, a Bolívia, Venezuela e Cuba, o eixo comunista (ou satanista?), não invadiram o Brasil. (mais…)

Reverendo José do Carmo da Silva – Mano Zé do Egito

ImagemNaquela noite, como de costume, o sermão dele foi ácido puro, derramou fogo e enxofre sobre a congregação. Esmurrando o púlpito, gritava alto, dizendo que Deus odiava os hipócritas, detestava espírita, abominava católicos, repudiava judeus, mas que estava disposto a dar uma segunda chance a quem se tornasse adepto da igreja dele.

Julgava-se iluminado, intocável, crente que possuía infalibilidade pastoral ficava cheio de orgulho “santo” quando alguém lhe batia nas costas e o declarava como, “a boca de Deus falando suas ultimas palavras aos homens”. Estranhamente sempre tinha gente elogiando as mensagens dele, apesar de que o índice de pessoas depressivas na congregação aumentava na mesma velocidade que ela se esvaziava. Tinha uma preferência mórbida por textos do Antigo Testamento, dizia que o povo tinha que primeiro sentir a lei para assim valorizar a graça quando conseguissem merecê-la por meio de suas vidas santas.
(mais…)

Dia desses vi na internet a notícia de que um padre foi dar uma palestra para pais sobre primeira comunhão, quando de repente clicou em um slide de conteúdo pornográfico armazenado em seu notebook. A situação foi constrangedora para todos, principalmente para o sacerdote, o qual rapidamente saiu do recinto deixando os pais chocados e revoltados. Também veiculou pela internet a noticia de um pastor em Vicente Pires que assistia pornografia com crianças, filhas de fieis.

Mas seria os relatos acima citados, casos isolados no seio da Igreja?

Obviamente que não.

A triste verdade é que existem milhares e milhares de pessoas acorrentadas pelas cadeias da pornografia, zoofilia, sexo bizarro e todo tipo de deturpação do sexo criado por Deus. Aqui quero usar uma palavra para definir quem é dependente de pornografia, “pornôgrafomano”. Se tal palavra já existe eu não sei, o que sei é que existe muitas pessoas cativas pela pornografia. Parto do principio que, assim como um toxicômano é um Indivíduo dado ao vicio, ao uso de entorpecentes, um “pornôgrafomano” é alguém viciado em pornografia.

São os “pornôgrafomanos anônimos, pessoas acima de quaisquer suspeitas, são anônimas pelo fato de que quando estão a sós dão vazão ao vicio, e depois caem em profundo sentimento de culpa. Muitos são pastores, padres, leigos, religiosos, advogados, médicos, professores, homens, mulheres, solteiros e casados, idosos, crianças, adolescentes e jovens.

(mais…)

Mudar… Mudar a maneira de ser, de viver, de se relacionar consigo mesmo/a, com os familiares, com amigos/as ou inimigos/as, com O Sagrado, ou com o profano, tem sido metas que muitos/as buscam, outros se recusam, e alguns conseguem alcançar.

Tal atitude de mudar, pode ser uma arte, uma evolução, um ato de sabedoria, gerador de alegrias e frutifera vida social. Mas pode também ser, um desastre, uma involução, uma insensatez, motivo para tristeza pessoal e comunitária, produzindo exclusão ou auto-exclusão. Estas qualidades antagônicas podem acompanhar ou derivar da vida de quem muda, pois só há duas possibilidades para aqueles/as que desejam e ousam mudar: tornar-se melhor, ou pior. E as consequencias acima citadas, dependerá sempre de qual das duas alternativas supracitadas se escolhe.

Existe também aqueles/as que sabem que precisam mudar, tentam mudar, mas não conseguem, e por tais razões vivem afundados num mundo de conflitos, cheio de culpa, ódio, angustia, amargura e solidão. Este grupo de pessoas precisa de acolhida, amor e ajuda. Há ainda aquelas pessoas que são imutáveis, ou seja, são sempre da mesma maneira, no ser e agir, mesmo a despeito de tudo o que lhes ocorrem, do tempo que passa, das circunstancias da vida, elas continuam as mesmas. São as eternas seguidoras da “filosofia de Gabriela”, personagem da canção de Dorival Caymmi, a qual se firma e afirma sobre si mesma, dizendo:

Eu nasci assim, eu cresci assim
Eu sou mesmo assim
Vou ser sempre assim
Gabriela, sempre Gabriela

(mais…)

Publicado: 06/07/2010 em Artigos, Teologia
Tags:, , , ,

Um pastor Metodista mineiro, aqui das bandas de Mato Grosso do Sul, estava caminhando, quando tropeçou em um livro empoeirado. Ao limpar o pó, viu que na capa estava escrito: Bíblia de Prosperidade financeira e saúde plena. Manual da Determinação.

Curioso, o pastor mineiro abriu a Bíblia no Capitulo 171 do evangelho da prosperidade e leu a seguinte orientação: “determine, determine e dar-se vós-á. Associai-vos, associai-vos e prosperareis. Exijais, Exijais e recebereis”. Sacrificais, sacrificais e vencereis. O pastor mineiro achou estranho aquele versículo, tendo a impressão de já ter lido algo semelhante em algum lugar. Mas mesmo desconfiado resolveu seguir a parte (a), dizendo: – Vou ver se esse “trem” funciona mesmo, uai!
(mais…)

“Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração. Serei achado de vós, diz o Senhor, e farei mudar vossa sorte;..” Jeremias 29.13-14

Às vezes fico surpreso com as coisas que Deus faz na vida daqueles a quem chamou e constituiu como obreiros na construção e expansão do Reino Dele. A caminhada com Deus é sempre cheia de Surpresas. Pois viver na dependência do Altissímo é ser surpreendido constantemente com a providência do Alto. É descansar em sua Sombra, sabendo que ainda que nos sobrevenham situações dificeis, Ele de alguma forma intervirá em nossas vidas, fazendo novas todas as coisas.

O Senhor coloca sobre nós Sua Boa mão e nos leva por caminhos e lugares inesperados. Em seu sempiterno cuidado de Pai, nos abençoa muito além do que pensamos ou esperamos. A verdade é que mesmo em meio a desgraça, somos surpreendidos pela Graça que nos possibilita suportarmos e vencermos as adversidades. Em fim, Deus é Deus de surpresas, a única coisa que não é surpresa, é o fato de que Ele sempre nos surpreende.

Alias a maior surpresa para mim e para as pessoas que no passado me conheceram é o fato de eu hoje ser um pastor protestante.

Nunca imaginei e tampouco algum dos meus familiarers imaginaram tal situação a qual alegremente vivencio. Tal estado no qual me encontro hoje, era inimaginavel, ninguém cogitava tal possibilidade, salvo um amigo pentecostal, que um dia quando já envolvido com a RCC, ao orar por mim, profetizou que eu viria a ser um pastor. Fiquei quieto diante da profecia, na realidade não dei muito crédito a ela, pois julguei que o “irmãozinho” com aquela prosa de que Deus tinha um cajado para mim, queria era me levar para a Igreja dele.
(mais…)