Iahweh os ouviu. – A propósito do temor a opositores

Publicado: 28/04/2018 em Uncategorized

“Miriã e Arão começaram a criticar Moisés porque ele havia se casado com uma mulher cuxita.’ (Números 12.1).

“O temer a oposição é o que paralisa muitos líderes e aborta muitos projetos. O temor a oposições é a maior das oposições, o excessivamente temeroso é opositor e sabotador de si mesmo. Josué viu tudo o que Moisés enfrentou, mesmo sendo ele levantado por Deus não lhe faltou oposição humana. Moisés foi “ferido” em oposição por pessoas próximas, gente carne da carne dele, isso, bem como o desfecho, fica evidente em Nm 12:1 a 16, no episódio conhecido como: “A sedição de Mirian e Araão”.

Mirian e Araão não falaram contra Moisés em oração, era uma conversa entre eles mesmo, assim como muitas vezes ocorrem em nossas igrejas, em “reuniões” paralelas que grupos fazem em seus lares, em oposição a pastores e líderes. Eles, partindo de uma questão particular na vida de Moisés, o casamento com uma mulher negra, etíope/cuchita (pele negra), passaram a advogar a mesma autoridade que ele. Uma das muitas coisas que me chama a atenção no episódio é a parte de “d” do versículo 2: “O Senhor o ouviu.”

Interessante que não vemos Moisés atacando seus opositores, mesmo atacado, mesmo tendo o seu chamado ministerial exclusivo colocado em dúvida, (Versículo 2), Moisés nada diz nesse episódio. Gosto da tradução da Bíblia de Jerusalém, a qual diz que: “Iahweh os ouviu.” Deus é quem o defende e mostra quem foi de fato estabelecido por Ele. Não fora Moisés que buscou a Deus para falar-lhe contra seus opositores, tudo indica, pela referência a mansidão de Moisés no versículo 3, que se ele ouviu, ele calado ficou. Foi Deus quem buscou os opositores de Moisés para falar-lhes.

 

Certamente Josué presenciou o desfecho do episódio, razão pela qual, o Eterno fez questão de afirmar ao discípulo que agora substituía seu saudoso mestre:

Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares.
Josué 1:9

“O temer a oposição é o que paralisa muitos líderes e aborta muitos projetos. O temor a oposições é a maior das oposições, o excessivamente temeroso é opositor e sabotador de si mesmo. No atender o chamado de Deus, muito mais importante do que saber quem é contra nós, é ter convicção de quem é por nós. Acertadamente, alguém um dia falou: ‘Um com Deus é maioria!’ A esse adágio Paulo endossa ao indagar e afirmar:

“Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?
Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.
Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós.
Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?
Como está escrito:Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia;Somos reputados como ovelhas para o matadouro.
Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Romanos 8:31-37

Firmados nas promessas acima não temamos e não busquemos saber o que falam ou trama contra nós, antes busquemos viver em fidelidade a Deus, e ele cuidará de nós e tratará com e dos que em oculto tramam contra nós. Que Aquele que nos chamou, ungiu, estabeleceu e é por nós, nos abençoe hoje e sempre. ”

Pastor José do Carmo da Silva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s