Mudar… Mudar a maneira de ser, de viver, de se relacionar consigo mesmo/a, com os familiares, com amigos/as ou inimigos/as, com O Sagrado, ou com o profano, tem sido metas que muitos/as buscam, outros se recusam, e alguns conseguem alcançar.

Tal atitude de mudar, pode ser uma arte, uma evolução, um ato de sabedoria, gerador de alegrias e frutifera vida social. Mas pode também ser, um desastre, uma involução, uma insensatez, motivo para tristeza pessoal e comunitária, produzindo exclusão ou auto-exclusão. Estas qualidades antagônicas podem acompanhar ou derivar da vida de quem muda, pois só há duas possibilidades para aqueles/as que desejam e ousam mudar: tornar-se melhor, ou pior. E as consequencias acima citadas, dependerá sempre de qual das duas alternativas supracitadas se escolhe.

Existe também aqueles/as que sabem que precisam mudar, tentam mudar, mas não conseguem, e por tais razões vivem afundados num mundo de conflitos, cheio de culpa, ódio, angustia, amargura e solidão. Este grupo de pessoas precisa de acolhida, amor e ajuda. Há ainda aquelas pessoas que são imutáveis, ou seja, são sempre da mesma maneira, no ser e agir, mesmo a despeito de tudo o que lhes ocorrem, do tempo que passa, das circunstancias da vida, elas continuam as mesmas. São as eternas seguidoras da “filosofia de Gabriela”, personagem da canção de Dorival Caymmi, a qual se firma e afirma sobre si mesma, dizendo:

Eu nasci assim, eu cresci assim
Eu sou mesmo assim
Vou ser sempre assim
Gabriela, sempre Gabriela

Assim como Gabriela, existem pessoas que resistem a mudança, se negam a rever conceitos, mudar de atitude frente a vida mesmo quando estão erradas. São obstinadas em prosseguir caminhando, ainda que seja para lugar nenhum ou rumo ao sofrimento, solidão e autodestruição. Mudar é um ato que, pode ser positivo, ou negativo, dependendo de como a pessoa foi e de como se tornou depois da mudança. É também um ato que envolve autoconhecimento, ponderação, decisão coragem, ousadia, atitude e disciplina. Envolve também a capacidade de recomeçar, após as possíveis quedas no novo caminho pelo qual se percorre. As pessoas mudam ou se esforçam para tal, a partir do momento que encontram uma nova razão de viver. Quando experimentam algo novo, que dá sentido a vida, valendo a pena romper com velhos paradigmas. Mudar implica em deixar coisas para trás, abandonar hábitos, posturas, e até mesmo fardos. Muitas pessoas são orgulhosas por isso resistem a mudanças, não querem abandonar nada, estranhamente, mesmo que sejam fardos de dor.

As vezes, mudança é algo que queremos para outros/a, pois ela nos trará retorno. Quantas esposas não gostariam que seus maridos mudassem? Que fossem mais carinhosos. Mais presentes no viver delas e dos filhos. Na realidade o que muitas delas desejam, não é uma mudança deles, mas um retorno a maneira que agiam quando namoravam, antes de chegar os filhos, ou quando as crianças eram pequenas. Muitos cônjuges observando a presença ausente um do outro no relacionamento pensam ou dizem: Ele/a já não é o/a mesmo/a com quem me casei. Mudou, tornou frio, vive distante mesmo quando estamos juntos. Eu já não o/a amo, pois não me sinto mais amado/a como no inicio de nosso casamento. Já não há mais razões para vivermos juntos. Algo mudou dentro de mim. Alguma coisa mudou entre nós. Quantos esposos não queriam que, suas esposas nunca tivessem mudado? Mas desejam que elas voltem a ser aquelas que no passado se perfumavam, se penteavam, trajavam-se lindamente para recebê-los aos finais de suas jornadas de trabalhos. Não alegavam estar com “dores de cabeças” quando eles procuravam-nas para se amarem, desfrutando das delicias do prazer derivado de uma vida sexual plena e abençoada, tal qual diz Cantares de Salomão. Muitos maridos, sentem saudades das muitas vezes que suas esposas tomavam a iniciativa, se perfumavam, se vestiam e se despiam para eles, porém agora durante as sete noites da semana, elas viram para o lado e dormem, alegando cansaço extremo e enxaqueca.

Muitas pessoas há, que desejam a mudança dos seus entes queridos, já outros não desejam tal coisa, antes preferem que permaneçam como são. Em tal caso se encaixa aqueles pais que gostam de controlar os/as filhos, não permitindo que eles/as cresçam, mudem e façam suas próprias escolhas. São pais que não percebem que seus rebentos cresceram, e com o crescimento veio a mudança de pensamento, de atitude, da maneira de ouvir sem questionar, de demonstrar afeto… Existem aqueles/as que pensam que os/as outros/as devem mudar, e não se dão conta de que, quem necessita de mudanças são elas/es. São pessoas que desejam mudar a sociedade, sem começar por elas mesmas.

Teorizo que o ser humano é o único ser criado com a capacidade de mudar, rever conceitos, tomar novos rumos, adquirir novos valores, romper paradigmas reescrevendo a sua história e influenciando a família e a sociedade. Obviamente, não me refiro à mudança relacionada à conversão cristã, pois tal mudança não depende primariamente do individuo, sendo antes fruto da graça de DEUS, e posteriormente, conseqüência do fortalecer-se na graça que há em Cristo Jesus.

É muito comum em nossas vidas uma experiência, a qual eu chamo de: “constatação do permanecer ou não permanecer”. A experiência da constatação se dá quando duas pessoas amigas, após muitos anos sem contato algum se reencontram. No reencontro, depois do tradicional abraço no qual cada um/a demonstra a saudade sentida, habitualmente desenrola-se um gostoso bate-papo, onde ambos colocam a vida em dia. Após o reencontro, geralmente verbal ou mentalmente cada um/a dos/as reencontristas fazem a seguinte constatação: “Tanto tempo se passou, mas fulano/a permanece o/a mesmo/a!” Ou, fulano/a já não é mais o mesmo/a.Será que, tal experiência já não foi vivida por você que lê este post?

Há indivíduos que por circunstancias da vida mudam, e infelizmente para a pior. Exemplos disso são: O jovem trabalhador e sonhador, aplicado aos estudos, mas que em determinado momento de sua vida numa “balada”, depois de muito recusar, não mais resistindo a pressão dos “amigos descolados”, e para provar que não era “quadrado”, experimentou entorpecentes e se tornou drogadito. E por conta do vício já não mais estuda, não mais trabalha, não mais sonha em ser alguém na vida, sobrevive pela e para as drogas, sendo capaz de morrer ou matar por elas. Um político outrora honesto, e que se deixou seduzir pela sede de poder e para tanto se corrompeu, traindo seu eleitorado. Exemplo disso, também se pode notar em pessoas que eram humildes antes de obterem uma formação acadêmica, ou de conseguirem um emprego melhor, ou uma promoção, uma casa, um carro, ou até mesmo uma bicicleta, mas que se tornaram orgulhosas, arrogantes, mesquinhas, egoístas, influenciadas pelas novas posições e bens que adquiriram. Diante de acontecimentos e pessoas assim, é muito comum, a expressão que muitas vezes já saiu de nossos lábios, ou passeou por nossa mente: “O sucesso subiu a cabeça de fulano/a”. Sicrano/a depois que alcançou tal posição, está se achando o “rei da cocada preta!”. Beltrano/a mudou, e infelizmente tornou-se pior!

Também há pessoas que mesmo galgando altos postos na vida, alcançando destaque na sociedade, prosperando intelectual e financeiramente, possuem o dom de continuarem as mesmas, cultivando a humildade de sempre. Vale ressaltar que humildade nada tem a ver com pobreza material, pois existem pessoas desprovidas de bens matérias, e que são extremamente orgulhosas. Enquanto que há pessoas abastadas que são humildes, pois não fizeram dos bens as razões pelas quais vivem.

Existem diversos meios disponiveis à quem almeja mudar aspectos de suas vidas. Tais meios vão desde, grupos de auto-ajuda, sociedades de apoio mútuo, tais como o AA – Alcoólicos Anônimos, irmandades religiosas, centros de convivências, filosofias de vida, religiões…

Como cristão, penso que, um encontro com Jesus é o meio mais eficaz através do qual, as pessoas podem alcançar profundamente a mudança desejada. Tal mudança é possivel não por conhecer e assimilar os dogmas da religião cristã, mas sim, através do conhecer a Jesus, sua vida e obra descritas no Evangelho. O estudo da Pessoa de Jesus de Nazaré e de sua propósta de vida, possibilita que façamos a mesma constatação do escritor da Carta aos Hebreus, o qual declara: “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente” (Hebreus 13:8). Ao constatarmos tal fato, descobrimos também que, através de um encontro pessoal com Jesus nossas histórias podem mudar. Assim, como mudou os rumos das vidas de Zaqueu, Madalena, a samaritana, Bartimeu, a viuva de Nain, os leprosos curados, os discípulos, e milhares de pessoas que ao longo desses dois milênios tiveram uma experiência de fé com o Salvador. E souberam transformar tal experiência em uma caminhada com DEUS e com o próximo. Sim, pessoas de todas as idades, classes sociais, etnias e gênero, as quais viviam angustaidas, presas a culpas, ao passado, a vicios de toda sorte, mudaram após encontraram Nele novos sentidos para suas vidas. A Igreja Cristã, está repleta de ex-traficantes, ex-prostitutas, ex-praticante do homossexualismo, ex- toxicômanos… E a lista segue tão longa quanto as noites de desespero dos que ainda estão presos a tais cadeias, pessoas que tateiam no escuro de suas existências em busca de uma VERDADEIRA RAZÃO DE VIVER.

Quem sabe você que lê este artigo, não é um dos milhares que um dia encontraram a Jesus e teve sua vida mudada? Pode ser também que, você que agora lê esta reflexão, neste exato momento esteja se corroendo pela culpa, remorso, pois se encontra frustrado/a, triste, desanimado/a, pois sabe que precisa mudar de vida. Você até mesmo tem tentado mudar, fez propósitos para tal, contudo, novamente caiu, fez aquilo que não deveria e jurara não mais fazer, e por isto se encontra desesperado, com pesar na consciência, sentindo-se só e abandonado/a por DEUS. Foram inumeras as vezes que, até mesmo seu pai, sua mãe, seu cônjuge, seus amigos, o pastor, te disseram: Você não tem jeito… Você nunca mudará… Você é um pau que nasceu torto e morrerá torto… E de tanto ouvir tais afirmações negativas a seu respeito, você se rendeu, se conformou, até diz na presença de quem te confronta que é feliz assim e ninguém tem nada a ver com seu estilo de vida. Ri debochadamente na presença de todos/as os que te interpelam, mas quando se encontra a sós, chora, sofre, sente raiva de si mesmo e deseja mudar, ser feliz de verdade, sorrir com sinceridade.

Meu amigo/a, você que, esta vivendo numa vida vazia, cheia de angustia, medo e solidão, tenho uma BOA NOVA para comunicar-lhe. E, ela se chama EVANGELHO DA GRAÇA, no qual há esperança para você, que deseja mudar de vida, independente do estilo de vida destrutivo que esteja vivendo. A GRAÇA manifesta em CRISTO JESUS é a porta que DEUS abriu para voce que busca encontrar ou reencontrar a RAZÃO DE VIVER.

O fato de Jesus Cristo não ter mudado, permanecendo o mesmo, assim como nos assegura o desconhecido escritor da CARTA AOS HEBREUS no Capitulo 13:8, abre as portas para a mudança, para a restauração, para a esperança, para o levantar depois da queda. Assim como Ele entrou nas vidas de milhares e milhares de pessoas desde os dias que caminhava pelas empoeiradas ruas da Galiléia, de Jerusalém, por ter ressuscitado, através do ESPIRITO SANTO, ainda hoje, ele pode entrar em sua vida, em sua história, em sua existência e mudar em você e em sua vida aquilo que precisa ser mudado. Graciosamente Ele cheio de amor e misericórdia para com sua vida, te diz: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e meu fardo é leve.” Ele te convida a ir a Ele da maneira que você se encontra neste exato momento. Olhando para você e não para seus atos, amando/a incondicionalmente ELE te diz: Filho/a tenho visto, seu lamento, sua dor, suas quedas, seus fracassos, eu bem sei o que tens vivido, muitas vezes observo o quanto tens chorado sob o fardo de suas culpas, angustia e solidão, vinde-a mim, entregue-se a mim, pois sem mim nada podereis fazer. Caminhe comigo e a mudança se dará no caminhar, se você cair, eu te levanto. Se não tiveres forças para mover os seus pés, eu o tomarei e o levarei em meu colo, mas de maneira alguma o abandonarei pelo caminho. Em seu cotidiano, a despeito de suas imperfeições, suas quedas, seus passos errados, sendo tais condições suas seguidas pelo desejo de se levantar e permanecer no caminho, Eu te asseguro que: seguirei contigo até a consumação dos séculos e pela eternidade sem fim. Eternidade, na qual, e tão somenta na qual, você será perfeito/a. Tenhas paciência contigo mesmo, não temas o meu julgamento, pois eu conheço a sua estrutura, sei que és falho, és um ser em construção, sendo moldado nas mãos de meu Pai, o Divino Oleiro. Se caistes no caminho, segures em minhas mãos e se levante, não desista de caminhar, pois não caminhas sozinho/a, estou contigo, caminho ao seu lado sustentando-o com minha destra fiel e te fortaleendo com a minha GRAÇA, pois somente ELA te basta!

Se você não é uma pessoa cristã e tem sofrido, já buscou a resposta para seus dilemas em tantos lugares, na bebida, nas drogas, no sexo desenfreado, já seguiu filosofias, religiões e outras tantas possibilidades que a vida oferece, mas continua sentindo um vazio em seu ser, saiba que só Jesus pode mudar sua vida, somente Ele poderá preencher o seu ser. Ai mesmo onde você está, faça uma oração, chame por ELE. Aceite o convite da GRAÇA, e encontre uma verdadeira razão para viver. Você também que já é cristã/o, um/a servo/a, um/a filho/a de DEUS, mas tem caído, tem pecado, encontra-se afastado do Senhor e perdeu-se do Caminho, eu te convido a CLICAR AQUI e meditar na letra da canção executada no vídeo postado no final do post na página para a qual voc~e foi conduzido/a. DEUS neste momento trabalha em sua vida, ajudando/a recuperar sua Razão de viver. Volte para o SENHOR, pois ELE não desistiu de você.

comentários
  1. neiva disse:

    Pastor querido, nao te conheço, mas já sou sua fa a meses desde que descobri seu site e percebo em sua forma de escrever que tens a unção ! Brincadeirinhas a parte.
    Preciso de uma ajuda, uma vez o senhor colocou no site uma frase de Wesley que falava algo sobre mais ou menos assim, que a hipocrizia sei la n mei do povo de Deus sobre coisas que temos que lutar contra, nao me lembro de muita coisa, só preciso desta frase ,
    para um texto, agradeço-lhe Deus o abençoe. Neiva

  2. Fellipe Nogarol disse:

    Ola Pastor,

    Recebo em minha caixa de e-mail os post que o sr. posta no site do brasil metodista, que por sinal são muito interessantes.
    Mas venho atraves desse texto pedir que o sr. me mande o seu e-mail de contato para que eu possa te mandar um texto que o Pastor Moisés Abdon Coppe preparou com relatos que eu gostaria muito que o sr. também pudesse ler.

    Aguardo seu contato;

    forte Abraço,

    Fellipe Nogarol
    fellipenogarol@hotmail.com
    Guarapari – ES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s