Ressurreição ou Reencarnação? Eis a questão. Uma prosa sobre cristianismo e espiritismo

Publicado: 29/04/2010 em Artigos, BlogBlogs.Com.Br, Cronicas Cristãs, Uncategorized
Tags:, , , , , , , , , , , ,

Ultimamente a “Vênus de prata” como é conhecida a rede de televisão mais influente do Brasil, de forma cada vez mais intensa tem divulgado programações de conteúdo reencarnacionista. Como a televisão é quase que onipresente nos lares brasileiro, é quase que impossível o não contato do povo cristão com tais programações, verdadeira apologia ao espiritismo. Este artigo é fruto dessa apologia que atingiu a um cristão que resolveu tirar suas dúvidas comigo.

Era sábado à noite, véspera da Páscoa e recebi no meu gabinete um amigo, o qual se declara cristão católico, mas se diz não praticante, pouco conhece da Igreja dele e menos ainda das Escrituras Sagradas. Já visitou algumas Igrejas Evangélicas, contudo não esconde certa inclinação para o espiritismo. Estávamos tomando um Tererê gelado, quando ele junto com um comentário me dirigiu a seguinte pergunta: – Pastor, a TV está anunciando um filme sobre o Chico Xavier, que foi lançado na sexta-feira santa, quando chegar aqui estou pensando em assistir. Aliás, o que me diz sobre o espiritismo? Que diferença existe entre ele e o cristianismo?

Depois de ponderar um pouco e notando que havia por parte de meu interlocutor, sincera vontade em conhecer minha opinião sobre o assunto, eu lhe respondi: – Penso o espiritismo como sendo uma bela e grande casa, muito bonita, atrativa, possuidora de amplos espaços para tantos quantos queiram se abrigar nela.

Diante de minha resposta, notei que o olhar de meu amigo luziu tal qual o sol do meio dia. E com tal brilho no olhar, ele indagou-me: – Então o senhor concorda com a doutrina do espiritismo? Ele tem crescido bastante, faz muitas obras sociais e sempre têm novelas, noticiários e filmes sobre a doutrina espírita na TV, até lançaram um filme sobre o Chico Xavier… Será que pelo fato de estar crescendo, não quer dizer que seja algo bom? O senhor conheço o livro A Passagem, do autor espírita Ricky Medeiros?

Novamente, respirei fundo e lhe falei: – Não. Não! Vamos com muita calma! Eu não disse que concordo com a doutrina, embora, reconheço que no ajudar ao próximo eles superam a muitos cristãos.

Meu amigo espavorido, interveio. – Mas você disse que o espiritismo é uma bela casa!

Eu respondi: – Sim. De fato para mim ele é como uma bela casa tal qual descrevi. Bela por atrair as pessoas. Porém, apesar de bela, a construção está condenada, pois seus fundamentos não são firmes. A beleza de algo, não lhe concede segurança. E nem tudo que é aparentemente belo é seguro e verdadeiro, fazendo bem ao corpo e a alma. Assim como nem tudo que cresce é bom. Aliás, o maior perigo reside naquilo que aparenta segurança, porque muitas das vezes só aparenta, é igual Denorex que “parece, mas não é”! A Bíblia nos diz que: Há caminho que parece certo ao homem, mas no final conduz à morte. – Provérbios 14:12.

Olhando fixamente para ele, disse-lhe: – Tais caminhos são o que chamo de: “belezas fatais”. Se me permitir sem querer ofendê-lo em sua propensão ao espiritismo, quero usar alguns exemplos a fim de tornar mais clara minha explicação.

Ele, pegando a jarra de água e a cuia de Tereré, passando a servir me respondeu: – Fica a vontade pastor, quem pergunta quer saber. Quem se propõe a responder, usará os métodos que possuir para se fazer entender!

Retomando a palavra falei: – Cito como exemplos de “belezas fatais”, muitas flores, cujas cores e perfumes atraem os insetos, os quais ao se aproximarem seduzidos são mortos e devorados por elas. Uma dessas plantas é a Utriculária, que apesar de possuir uma aparência singela, é uma assassina. Quando o inseto dela se aproxima atraído pela forte cor amarela, ao tocar em seus pêlos ela abre uma bolha e suga a presa para seu interior, digerindo-o. (Veja foto acima)

Quanto ao crescimento e divulgação pela mídia, nem tudo o que cresce é bom, puro, verdadeiro e saudável. No quesito “crescimento” não há nada que supere os cemitérios que se enchem com a crescente violência, ambos crescem todos os dias. Posso citar ainda o câncer que se alastra, espalhando metástase por todo o corpo. O numero de viciados também cresce a cada dia, tal qual o numero de divórcios, adolescentes grávidas, políticos corruptos, pedófilos… Sem falar do numero crescente de decepcionados com a graça barata. Graça paga e baseada na barganha com Deus apregoada por pseudos – pastores e suas “empresas eclesiásticas” que infelizmente crescem em número, mas não em qualidade e compromisso com o Reino de Deus e sua justiça. São grupos que atraem multidões, mas que não geram discípulos.

Em tais “igrejas” cada um dos fieis não passam de anônimos na multidão, quantificados como números que geram receitas, e não como pessoas que convivem em uma comunidade de partilha, onde cada um tem valor independente dos valores que colocam ou deixam de colocar no gazofilácio. Em comunidades realmente cristãs, a presença ou ausência de cada um é sentida pelo pastor e demais irmãos em Cristo que se alegram com a presença e se entristecem com a ausencia de cada membro da comunidade de fé.

Muitas de tais falsas igrejas têm crescido, ocupando a mídia televisiva e outros meios de comunicações, mas por possuírem sua doutrina fundamentada no “ter” e não no “ser” não causam impacto na sociedade. Elas crescem pescando em outras igrejas, seduzindo fieis que muitas das vezes abandonam suas comunidades e vão atrás de prosperidade material. Alguns logo se dão conta do engodo e regressam para seus apriscos originais ao perceberem que o que mais cresce em tais denominações “deterministas” e ‘”sacrificacialistas”, são os bens e contas bancárias de seus líderes.

No campo católico é crescente o nominalismo e o agnosticismo diante dos crescentes escândalos sexuais envolvendo sacerdotes católicos quase que no mundo todo. Enquanto os escândalos superabundam lá e cá, em contrapartida diminui a credibilidade na Igreja Cristã como um todo e em sua liderança, pois é crescente a desconfiança do povo naqueles que se apresentam como pastores e padres. Em meio ao povo cristão, muitas pedras de tropeços estão nos púlpitos “pregando” ou de batinas “rezando” e por seus contra-testemunhos os servos honestos estão injustamente pagando, e contra o Caminho da verdade os impios falando.

Talvez por tudo isso de ruim que cresce no meio cristão, venham crescendo tanto no Brasil as seitas, os movimentos pseudos-cristãos e doutrinas estranhas a Palavra de Deus, tais como o reencarnacionismo.

Meu visitante, ainda insistindo sobre o espiritismo, perguntou: – Mas, porque o senhor diz que apesar de belo, o espiritismo é um edifício fundamentado sobre alicerces falsos? O que são fundamentos?

Pacientemente vendo que a prosa ainda ia longe, respondi: – Amigo fundamento é à base de uma obra, sendo aquilo sobre o qual se constrói. No caso de religião, podemos dizer que é a doutrinária principal sobre a qual o sistema religioso se fundamenta. Se formos comparar o cristianismo bíblico e o reencarnacionismo vamos ver que são dois sistemas que não possuem o mesmo fundamento. A fé, o objeto da fé, razões das obras e esperanças finais de se alcançar eternidade são divergentes

A fé cristã ensina que somos salvos por outro. Esse outro é o próprio Deus que se fez carne na pessoa de seu filho, Jesus de Nazaré. Jesus é o Fundamento por excelência. Ninguém pode por outro, pois as Escritura Sagrada diz: “Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que foi posto, o qual é Jesus Cristo.” 1ª Coríntios 3.11. A encarnação do Verbo é fruto do amor de Deus para com a humanidade, cujo Filho nasceu e viveu entre os pobres, pregando o Evangelho e morrendo na cruz, a fim de remir a todo aquele que nele crer. Por isso nós cremos que somos gratuitamente salvos por Outro, o qual morreu nossa morte, a fim de que vivamos por e para Ele. Porém, a morte não pode aprisioná-lo em seus grilhões, e ao terceiro dia Ele ressuscitou.

Já a doutrina espírita, apesar de bela e cativante, seria boa se além da presente existencia houvesse outras, passadas e futuras. Mas, na verdade ele é um sistema cruel e antropocêntrico, pois o fundamento é o homem e suas obras de caridade. Segundo ela a pessoa humana é salva por si mesma. Pois, no sistema espírita o individuo nasce, vive e acumula pecados, morrendo o corpo, o espírito levará o carma para a outra vida, onde em um novo corpo nascera e pagará pela bagagem de pecados que trouxe da vida anterior. Em tal sistema doutrinário firmado em atos humanos não há espaço para um Deus de misericórdia.

Se a parábola do filho pródigo fosse contada por um espírita, o filho que saiu de casa e viveu de forma dissoluta, ao retornar arrependido seria mandado de volta para sofrer mais e mais vezes. Pois, dentro do processo purificador pelo qual o espírito passa através de incontáveis reencarnações ou transmigrações (ou metempsicose, ato pelo qual o espírito humano volta ao mundo material no corpo de um animal ou inseto) até se tornar evoluído, não há perdão, não há reencontro, o que há é uma dívida a ser paga através de muitos sofrimentos. Em tal parábola, não há festa, não há danças, não há anel no dedo, e muito menos a morte e o banquete do cordeiro cevado. Penso que não há nem mesmo o Deus de amor que simbolizado pelo pai que aguardava o retorno do filho pródigo, segundo a narrativa de Lucas capitulo 15, nem sequer quis ouvir suas confissões de arrependimento. O que há é um vazio e o retorno ao mundo de pecado, para pagar até a ultima consequencia do erro cometido.

O Deus do espiritismo criou um número limitado de espíritos, o corpo fica a cargo da multiplicação do gênero humano via ato sexual. Pois se assim não fosse, não seria preciso o mesmo espírito se reencarnar em um corpo novo. Além do que, se cada pecado cometido torna-se uma divida a ser paga nesta ou na outra vida, diante de tal sina humana o ponto central da fé cristã, que é a morte e ressurreição de Cristo perde o sentido. E Jesus a quem chamamos de Senhor e Deus nosso, fica reduzido a um “espírito iluminado”, um taumaturgo, um paranormal, ou qualquer outro nome que alguém queira lhe dar devido aos sinais por ele operados. Para os reencarnacionistas pode se chamar a Jesus de Nazaré, por qualquer nome.

Porém de acordo com crença na auto-remissão por meio de sucessivas reencarnações, não se pode chamá-lo de: Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo, como diz a Bíblia, pois se o pecado se expia por meio de reencarnações, Jesus não é Cordeiro de Deus, aliás, ninguém precisa de tal Cordeiro. Se Ele é um “espirito superior iluminado”, não pode ser Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro como professamos no Credo Niceno- Constantinopolitano. (381) Se aceitarmos a idéia espírita de que ao manifestar – se ao mundo na plenitude dos tempos Jesus era um “espírito superior iluminado”, somos obrigados a negar a divindade Dele, afirmando que, no passado Ele era um ser humano normal, um pecador que passou por várias reencarnações até se tornar um espírito super evoluido capaz de ensinar o que ensinou e fazer os sinais que fez, mas não de remir a outros por seu sangue derramado. Diante disso, acabou-se o cristianismo.

Meu amigo, ainda insistiu: – Mas, pastor, eles amam o próximo, basta ver o tanto de caridade que fazem…
Respondi-lhe – Sim, eles demonstram amor ao próximo, pois para eles não há salvação fora da caridade. E isto também nos separa, pois a caridade ou amor na ótica cristã é fruto da salvação e não o inverso. Amamos porque Deus nos amou primeiro, e todo amor que partilhamos vem desse amor preveniente, fruto da graça manifesta em Cristo e não de nossos meros esforços.

O próximo possui no espiritismo papel fundamental, pois sem ele não há como se praticar boas obras. Assim, sendo o amor a ele exercido não é amor gratuito, baseado nessas palavras de Cristo ditas no Sermão da montanha: Tende cuidado em não praticar as boas obras diante dos homens, para serem vistas, pois, do contrário, não recebereis recompensa de vosso Pai que está nos céus. – Assim, quando derdes esmola, não trombeteeis, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem louvados pelos homens. Digo-vos, em verdade, que eles já receberam sua recompensa. – Quando derdes esmola, não saiba a vossa mão esquerda o que faz a vossa mão direita; – a fim de que a esmola fique em segredo, e vosso Pai, que vê o que se passa em segredo, vos recompensará. – (Mateus, 6, 1 a 4 ).

Quando fazem o bem, fazem pensando não no próximo, mas em si mesmos no intuito de reduzirem o sofrimento de vidas futuras. O ao fazer boas obras em favor do próximo, o cristão espera a recompensa de Deus, porém tal recompensa não é a vida eterna, pois crê que é salvo por graça e não pelas obras, assim como diz as Escrituras: “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie” (Ef. 2:8, 9). 18. A fé cristã ensina que o cristão não faz boas obras para ser salvo, mas sim por já ser gratuitamente salvo. Suas boas obras em favor do próximo deriva da obediência ao mandamento maior: Amar a Deus sobre todas as coisa e ao próximo como a ti mesmo (Marcos 12. 312).

E segundo o que João nos diz em sua epistola, nosso amor parte do sacrifício que Cristo fez por nós, devendo tal amor tornar-se concreto, deixando de ser mero discurso: Nisto temos conhecido o amor: {Jesus} deu sua vida por nós. Também nós outros devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos. Quem possuir bens deste mundo e vir o seu irmão sofrer necessidade, mas lhe fechar o seu coração, como pode estar nele o amor de Deus? Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade. (I João 3. 16-18). As obras são sinais visiveis da presença do amor de Deus em nós.Tiago nos diz que a fé sem elas é morta em si mesma, mas os atos de misercórdias que derivam da fé em Cristo não produzem a partir de si mesmos a salvação, antes mostram a vitalidade e concretude de quem nele crê. (Tiago 2: 17-18) Sendo a fé em Cristo a única passagem para a salvação, quaisquer obras por mais belas e humanitárias que sejam se forem feitas sem que seus autores depositem fé no Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo são infrutíferas no tocante a salvação eterna.

Diante do exposto, meu visitante dando um bocejo disse: – Está tarde não é pastor? A prosa está boa, mas vou pra casa dormir! Obrigado pelas explicações sinceras, mas mesmo assim vou ao cinema assistir ao filme de Daniel Filho sobre Chico Xavier.

Respondi a ele: – Bom se você quer mesmo ir, vá, mas não deixe de comparar o que verá lá com o que eu lhe falei. Estendi-lhe a mão, na qual lhe entregava um exemplar da Bíblia Sagrada e disse-lhe: – Neste livro você conhecerá verdadeiramente A PASSAGEM para a outra e definitiva vida.

Fui dormir, após meditar estas palavras de Pedro: – “Estejam sempre prontos para responder a qualquer pessoa que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês” – I Pe 3:15b. Nossa esperança é a Ressurreição. pois o que passa disso e ilusão que serve tão somente para esta vida.

CONCLUSÃO

Poderia aqui discutir outros textos do Antigo Testamento que condenam determinadas práticas espíritas, tais como a consulta aos mortos (Deuteronômio 18:9-12, Isaías 8:19-20, Levítico 19:31, 20:6, 1 Crônicas 10:13-14), mas quis tão somente mirar a reencarnação, crença que deixa claro que cristianismo e espiritismo embora falem de obras e amor ao próximo, são religiões construídas sobre alicerces diferentes. Enquanto cristão eu devo minha salvação pessoal a Outro. Outro fora de mim, cujo nome é Jesus Cristo. Outro que me amou primeiro e se entregou por mim, sendo obediente ao Pai, a fim de cumprir a missão pela qual veio ao mundo. Missão salvífica baseada em sua encarnação, vida, morte e ressurreição, atos através dos quais me reconciliou com Deus. E quando enfim chegar o dia em que passarei pela morte, por ter crido Nele e no sacrifício por Ele feito, não mais voltarei a este mundo caído.

Para mim, enquanto cristão não há reencarnações sucessivas por meio da qual os pecados são expiados via sofrimento humano. A luz da genuína fé cristã não há várias mortes seguidas por sucessivas reencarnações, até atingirmos o estado de espíritos evoluídos que habitarão em outras dimensões, mundos ou planetas. O homem pode nascer uma segunda vez somente da água e do Espírito. As Escrituras em relação ao destino último da humanidade afirmam: “E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto o juízo” (Hebreus 9:27).

Nossa esperança é após a morte ressuscitarmos assim como Cristo ressuscitou. E, tal esperança se fundamenta em toda a Escritura Sagrada, que culminam com estas palavras da Revelação sobre o destino último da humanidade redimida: Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo. Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram. E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras. (Ap 21. 1 a 4)

Firmados em inefáveis e infalíveis promessas, professemos:

Creio em Deus Pai, Todo-poderoso, Criador do Céu e da terra.
Creio em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, o qual foi concebido por obra do Espírito Santo; nasceu da virgem Maria; padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; ressurgiu dos mortos ao terceiro dia; subiu ao Céu; está sentado à direita de Deus Pai Todo-poderoso, donde há de vir para julgar os vivos e os mortos.
Creio no Espírito Santo; na Santa Igreja Universal; na comunhão dos santos; na remissão dos pecados; na ressurreição do corpo; na vida eterna. Amém.

Pr. José do Carmo da Silva – O Zé do Egito
Igreja Metodista em Fátima do Sul – MS

comentários
  1. “Uma pessoa que não faz o que Deus ordenou revela que realmente não tem fé em Deus.” Clemente de Alexandria (195 d.C.)
    Até os primeiros cristãos confirmavam que a fé sem obras é morta. Nesta pagina se vê mas passagens da igreja primitiva sobre este tema… http://www.aigrejaprimitiva.com/dicionario/FÉ.html

  2. Renata disse:

    Sou cristâ evangélica de berço. Filha e neta de pastores. Hoje meu pai já é falecido, sinto muito a falta dele pois falavamos muito sobre as escrituras, foi meu grande amigo e conselheiro.
    Estou um pouco distante da igreja, não de Deus, e sim da igreja. Tenho me decepcionado com a visão materialista dos cristãos, que muitas vezes colocam Deus na posição de seu servo e não seu senhor, dentre outras situações escandalozas entre os pseudo cristãos. Confesso que tenho lido um pouco sobre o espiritismo, e estou quase convencida de que pode ser verdadeiro. Continuo a minha busca, hoje lí este relato no site, acho que voltei a estaca zero, tenho muito receio de errar. Meu coração está em duvida, em especial em relação a veracidade da biblia que chegou em nossas mãos, será que não foi alterada? por favor orem por mim, ajudem-me em oração.
    Renata

    • przedoegito disse:

      Irmã Renata, graça e paz!

      Eu entendo o que estas passando, perdi meu pai e minha mãe, um a 23 anos, outra a 11, sinto tanta falta deles. Espíritismo e cristianismo são incompativeis, graça e reencranação não se comparam ou se aproximam. Crer na reencarnação, por mais que ela seja atraente é acreditar em um Deus impessoal, que tiranamente manda de volta o espírito pra pagar em outro corpo por erros cometidos. Isto é incompativel com a parábola do filho pródigo de Lucas 15, onde o pai acolhe o filho arrependido e faz fest ao t~e-lo de volta. Se fosse verdade a reeencarão, o pai da parabola, que simboliza DEUS, mandaria o filho que nos simboliza, de volta, varais veze até pagar o ultimo pecado. sei que o espiritismo, aparento ferecer consolo, quando diz possibilitar a comunicação com os mortos, mas, SE ACASO ELE FOSSE DA PARTE DE DEUS, seria contraditório da parte de Deus, na Bíblia, proibir algo, que traria tanto alivio aos entes do falecido, isto iria contra aquilo que Ele É: AMOR. O espiritismo é engano, que se aproveita da fragilidade de quem perdeu um ente querido, para enredá-lo em doutrinas de demonios, que se fazem passar por pessoas mortas.

  3. André Cristiano Sales disse:

    Caro Pastor e Amigo Sr. José do Carmo…

    Nos atuais dias de hoje com tantas coisas acontecendo a esse mundo, chego a me indagar sobre tal existência divina. Pois eu ainda não encontrei respostas para mim mesmo em relação as coisas terríveis que presenciamos nos dias de hoje. Coisas tais como um pai que violenta sua filha, uma mãe que abandona um filho recém nascido ou um filho que matou seu pai e sua mãe. São tantas as coisas más que presenciamos que nos perguntamos muito sobre a existência de Deus e se reamente tem algo depois da nossa morte ou até mesmo será que existe céu ou aquela história toda que aprendemos quando pequenos?
    As religiões em geral são por vezes muito confusas por exemplo, de acordo com alguns estudiosos, pelo que li, os homens bombas possuem suas religiões e suas crenças, de que quando se matarem e matar outras pessoas com bombas em seus corpos, eles chegarão em um paraíso onde encontraram 70 mulheres virgens dentre outras baboseiras. Como falei anteriormente, isso foi um artigo que eu li na internet e que outras pessoas que conhecem sobre o assunto já me falaram. Com isso, eu me pergunto… O que seguir??? onde crer? Para onde vamos quando morrer?
    São tantas coisas que falam nas diversas religiões desse mundo que não sabemos qual o caminho a seguir. E com isso vem um milhão de perguntas em nossas mentes do que é certo ou errado e nunca sabemos talvez a resposta para tal pergunta.
    Realmente no artigo que o senhor fez eu pude ver as diferenças entre espiritismo e cristianismo. Realmente se Deus é amor, porque nós seres humanos teriamos que pagar milhares de pecados e de atos muitas vezes impensáveis em nosso dia a dia atráves do nascimento, sofrimento e mais sofrimento como é no espiritismo.
    Porém é como eu citei, são tantas as dúvidas que temos sobre Deus, sobre nós, sobre a tal missão que nascemos para fazer nessa terra que muitas vezes não chegamos a resposta nenhuma.
    Termino por aqui meu amigo e que você continue sempre dando uma luz no final do túnel para muitas pessoas, dentre as quais, eu sou uma delas com as minhas inúmeras perguntas.
    Um forte abraço e que Deus nos abençõe em tudo o que fizermos de bom nessa vida.

    • przedoegito disse:

      Mano André, graça, paz e luz no tunel de sua vida.
      Amado, Deus tem um grande plano na sua vida, você ainda será tremendamente usado por ele, creio e declaro isso, pois as suas dúvidas nada mais são do que o despertar para a busca da verdade. A resposta para tantas coisas terriveisis está no homem viver afastado de Deus, buscando ser senhor de si mesmo, e devido a inclinação para o pecado não poder se governar. De fato, dentro do ISLAM há uma corrente radical que mata pelas motivações citadas por você, toda religião tem em meio a ela grupos radicais, fundamentalistas, intolerantes, fánaticos… Contudo, são interpretações erradas do Alcorão, ou da Bíblia que levam as pessoas a tais loucuras.

      Não busque nenhuma religião, pois ira se frustrar, busque conhecer a Jesus CRISTO, pelo EVANGELHO, pois como disse Stanley Jones: “Religião é o homem buscando a Deus, por isso há muitas religiões. O evangelho é Deus buscando o homem, por isso há um só evangelho.” Adquira uma Bíblia Sagrada, leia o Evangélho de Marcos, tire um tempo a noite para ler ao menos um cápitulo, são só 16, peça a Deus que o ajude a comprender, sozinho ore a ELE, diga que quer respostas, que deseja uma experiência pessoal com ELE. Vai acontecer em sua vida, o que aconteceu comigo, e mais recentemente a um primo policial militar, o qual também tinha as dúvidas que você manifestou. O QUE ACONTECERÁ É O CUMPRIMENTO DESSA PROMESSA: “Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração. Serei achado de vós, diz o Senhor…” Jeremias 29.13-14. Clic aqui, leia este artigo e conheça um pouco de minha história . No mais continuo por aqui, orando e torcendo por você. Você é fruto dos planos de DEUS, NASCEU PARA VENCER!!

    • przedoegito disse:

      Mano André, graça, paz e luz no tunel de sua vida.
      Amado, Deus tem um grande plano na sua vida, você ainda será tremendamente usado por ele, creio e declaro isso, pois as suas dúvidas nada mais são do que o despertar para a busca da verdade. A resposta para tantas coisas terriveisis está no homem viver afastado de Deus, buscando ser senhor de si mesmo, e devido a inclinação para o pecado não poder se governar. De fato, dentro do ISLAM há uma corrente radical que mata pelas motivações citadas por você, toda religião tem em meio a ela grupos radicais, fundamentalistas, intolerantes, fánaticos… Contudo, são interpretações erradas do Alcorão, ou da Bíblia que levam as pessoas a tais loucuras.

      Não busque nenhuma religião, pois ira se frustrar, busque conhecer a Jesus CRISTO, pelo EVANGELHO, pois como disse Stanley Jones: “Religião é o homem buscando a Deus, por isso há muitas religiões. O evangelho é Deus buscando o homem, por isso há um só evangelho.” Adquira uma Bíblia Sagrada, leia o Evangélho de Marcos, tire um tempo a noite para ler ao menos um cápitulo, são só 16, peça a Deus que o ajude a comprender, sozinho ore a ELE, diga que quer respostas, que deseja uma experiência pessoal com ELE. Vai acontecer em sua vida, o que aconteceu comigo, e mais recentemente a um primo policial militar, o qual também tinha as dúvidas que você manifestou. O QUE ACONTECERÁ É O CUMPRIMENTO DESSA PROMESSA: “Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração. Serei achado de vós, diz o Senhor…” Jeremias 29.13-14. Clic aqui, leia este artigo e conheça um pouco de minha história . No mais continuo por aqui, orando e torcendo por você. Você é fruto dos planos de DEUS, NASCEU PARA VENCER!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s